Topo

Pantanal, MT e MS

  • sobre o destino
  • fotos
  • vídeos
  • hospedagem
  • onde comer
  • mapas
  • compre agora!

O Centro-Oeste do Brasil abriga uma das maiores planícies alagadas do mundo, com 150 mil quilômetros quadrados de área: o Pantanal. A região compreende os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além no norte do Paraguai e leste da Bolívia. As principais cidades onde o complexo está situado são: Poconé, Cáceres, Barão de Melgaço (todas no Pantanal Norte), Aquidauana, Miranda, Corumbá e Porto Murtinho (estas, no Pantanal Sul).

pantanal-por-do-sol-credito-thinkstock-487786861

Existem cerca de 2.000 espécies de plantas e mais de 1.000 espécies de animais, diversidade que atrai milhares de turistas estrangeiros. Para conhecer esse paraíso natural, várias atividades estão disponíveis, como safáris fotográficos, passeios a cavalo e barco, observação animal, entre outras. Pela localização geográfica do Pantanal e suas atrações, a maioria das pousadas e hotéis oferece refeições e passeios à sua escolha. Prepare seu repelente, roupas leves, um bom calçado e descubra a natureza do Pantanal!

As principais atrações do Pantanal são:

Ecoturismo: Tanto no Pantanal Sul quanto no Pantanal Norte, você possui diferentes opções de passeios para se aproximar da natureza local. Observação de aves, tours a cavalo, passeios de chalana, trem e barco, canoagem, safári (diurno e noturno), workshops de astronomia e caminhadas permitem a você viver o dia a dia dos pantaneiros, conhecendo as belezas da fauna e flora. A região abriga a maior concentração do mundo de onças-pintadas, o maior felino das Américas e o mais procurado durante as observações.

Transpantaneira: Ao redor desta estrada de terra com 147 quilômetros de extensão, entre Poconé e a região de Porto Jofre, no Pantanal Norte, é possível observar diferentes espécies de aves sobrevoando a região. Capivaras, jacarés, veados e onças podem ser vistos nas áreas alagadas ao redor, ou mesmo cruzando a estrada. Se fizer o trajeto sem guia, viaje entre junho e outubro, no período da seca – e cuidado ao atravessar as pontes de madeira. Nas cheias, até mesmo um jipe 4×4 pode ter dificuldade no caminho.

Pesca: A lei só permite a pesca na região entre março e outubro, devido à piracema, a época de desova dos peixes. Ainda assim, os amantes da pesca são um dos que mais visitam a região. Mais de 200 espécies de peixes podem ser encontradas ali, em centenas de rios e afluentes. Corumbá e Porto Murtinho são os destinos mais procurados no Pantanal Sul para a prática, enquanto no Pantanal Norte, a vez é dePoconé e Cáceres. Aliás, o maior torneio de pesca motorizada do mundo, o Festival Internacional de Pesca, acontece em Cáceres.

Parque Nacional do Pantanal Matogrossense: Dedicado a proteger a vida natural do bioma pantaneiro, incluindo espécies de animais ameaçadas, o parque tem área com mais de 135 mil hectares, onde você pode observar diferentes mamíferos, répteis, anfíbios, peixes e aves em seus ninhais. Pesca (mesmo esportiva), caça e focagem noturna de jacarés são práticas proibidas no local. Para visitar o parque é necessário solicitar autorização à administração do local com antecedência. A entrada é em Porto Jofre, cidade de Poconé, no Pantanal Norte.

Compartilhe nas redes sociais:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
hospedagem em Pantanal, MT e MS
onde comer em Pantanal, MT e MS
mapas de Pantanal, MT e MS
Transpantaneira
Transpantaneira

Passeio pela Transpantaneira é uma das formas de ter um primeiro contato geral com a natureza do Pantanal. Em alguns passeios, o grupo é acompanhado por um guia em um veículo 4 x 4 adaptado.

No Pantanal, é uma vantagem ter uma câmera com zoom bom, para registrar a vida animal à distância.

pacotes para Pantanal, MT e MS
Rua João Wagner Wey, 517 - Sorocaba SP | Tel.: (15) 3411 3980 / (15) 99708.4645